Operações especiais de reversão de pista na Serra de Petrópolis. Fique atento!

 

As rodovias respondem por mais de 60% do transporte de cargas no Brasil, segundo levantamento da Confederação Nacional do Transporte. Como principal rodovia a ligar o Rio de Janeiro a Minas Gerais – estados que detêm o segundo e o terceiro maiores PIBs do país –, o trecho da BR-040 sob administração da Concer tem importância estratégica para o setor logístico.

 

Diariamente, milhares de caminhões e carretas utilizam os 180 quilômetros da Rio-Juiz de Fora, ajudando a impulsionar o crescimento nacional. Mesmo projetos de porte que evoluíram recentemente no cenário brasileiro, como é o caso do Pré-Sal, já intensificam o tráfego de cargas entre a divisa fluminense e mineiras, através da BR-040. Muitos desses veículos têm dimensões e peso que exigem a realização de operações especiais de reversão de pista na rodovia, no trecho da Serra de Petrópolis. Como a pista de subida da serra (sentido Juiz de Fora) apresenta um traçado aberto há mais de 80 anos, carretas de grande porte precisam trafegar 24 quilômetros por pista revertida (entre os kms 104, em Duque de Caxias, e 80, em Petrópolis).

 

Coordenadas pela Polícia Rodoviária Federal, com auxílio da Concer, essas operações são realizadas durante a madrugada, quando o movimento na rodovia é menor, e provocam o fechamento do tráfego para os demais usuários que seguem em direção ao Rio de Janeiro (a partir do km 80, em Petrópolis). Durante uma operação especial desse tipo, não há interferência na pista de subida da serra, que continua operando normalmente.

 

Em 2011, a Concer aprovou junto ao Ibama e à ANTT o projeto executivo para construir a Nova Subida da Serra da BR-040, prevendo dar ao futuro trecho um traçado moderno, dotando inteiramente de acostamentos e capaz de absorver a crescente demanda do setor de transporte de cargas.

 

Até a conclusão da obra, as operações especiais continuarão ocorrendo na BR-040. Nossa recomendação é que o usuário informe-se sempre sobre as condições de tráfego na rodovia através de nossa Central de Atendimento (0800-2820040), mesmo que haja divulgação antecipada de uma operação especial, já que o mau tempo ou qualquer outro fator pode ocasionar o adiamento da mesma. Portadores de deficiência auditiva e de fala contam com uma central de atendimento exclusiva, que funciona pelo 0800-2810041.

2013 CONCER
Todos os direitos reservados.
Política de privacidade.
Central de Atendimento ao Usuário:
0800 282 0040

Atendimento a Deficientes Auditivos e de Fala:
0800 281 0041

  Polícia Rodoviária Federal:
191